Fábricas abandonadas que foram transformadas em centros culturais em Moscou

Em Moscou, muitas fábricas quebraram depois que o comunismo caiu. E muitas vezes as fábricas foram ocupadas pelos hipsters, e transformaram-se em espaços cheios de galerias, ateliês, cafés alternativos, lojinhas diferentes, arte urbana. Eu visitei várias assim em Moscou, e queria falar um pouquinho sobre elas.

 

Outubro Vermelho

Outubro Vermelho vista da ponte do patriarca fabricas centro culturais moscou

Fabricas de Moscou centros culturais outubro vermelho 6
Se vamos falar de fábricas transformadas em centros culturais, temos que começar com a Outubro Vermelho porque ela é a mãe e o pai de todas as outras. Originalmente o lugar era uma fábrica de chocolates, propriedade de um alemão que vendia chocolates para os tsares, e que foi nacionalizada com a Revolução. Foi nessa época que ganhou o nome de Outubro Vermelho, em homenagem ao mês da Revolução. Ele continuaram existindo e até prosperaram durante a Segunda Guerra, fazendo chocolates com cafeína para os soldados no front. Em 2007, a fábrica foi desativada e transferida para uma localização nos subúrbios, mas o chocolate ainda existe e dá para comprar em qualquer lugar. É o алёнка (Alionka), que ainda tem na capa a imagem da menina soviética com lenço na cabeça.

Fabricas de Moscou centros culturais outubro vermelho 3

Fabricas de Moscou centros culturais outubro vermelho 8
O lugar mais famoso lá dentro é o Centro de Fotografia Irmãos Lumière, que sempre tem exposições incríveis de fotografia. Quando fui lá, estavam acontecendo três exposições. Uma delas era a Looking for Lenin, que procura as mais de cinco mil estátuas do líder soviético derrubadas ou transformadas em outra figura nos últimos anos – gostei muito da que transformaram no Darth Vader na Ucrânia.


Outra era de Douglas Kirkland, um fotógrafo de Hollywood mais famoso por um sessão com Marilyn Monroe, e a terceira se chamava “Eu, Oblomov”, do fotógrafo japonês Ikuru Kuvadjimi, em referência ao aristocrata da literatura russa famoso por levar quarenta páginas para levantar da cama. Com ele, surgiu a palavra oblomovschina, algo como letargia, e vários estudiosos russos falam disso como uma parte da alma russa. É essa parte que ele busca na Rússia e na Ásia Central.

Fabricas de Moscou centros culturais outubro vermelho oblomvschina
Eu também fui lá em um restaurante georgiano muito famoso, chamado Mizandari, que é delicioso. A comida georgiana era considerada a mais gostosa da União Soviética e ainda é muito popular em Moscou, e esse é um lugar com bons preços e ótima qualidade. Também fui no Bar Strelka, em um terraço com vista para o rio e cujos lucros vão todos para o Instituto de artes com o mesmo nome. E toda vez que eu estava lá tinha várias filas de gente bem vestida para portas aparentemente vazias.

Fabricas de Moscou centros culturais outubro vermelho 2
A Outubro Vermelho fica nas margens do Rio Moskva, perto da Praça Vermelha. Infelizmente, essa proximidade faz com que ela fique ameaçada, porque é uma área nobre e tem sempre gente querendo converter em apartamentos de luxo. Também fez com que algumas redes tomassem conta de partes dos prédios. Para mim, um dia perfeito em Moscou é ir ao Parque Gorki, aproveitar a manhã e depois almoçar por lá, andar pelo parque Muzeon, onde ficam as estátuas caídas dos antigos líderes socialistas, e chegar ao Outubro Vermelho de tardinha, em tempo de ver uma exposição e emendar direto com um bar.

Flakon e Khlebozavod 9

Fabricas de Moscou centros culturais flakon 2
Vou falar das duas de uma vez porque uma é em frente a outra, e a princípio até pensei que era tudo a Flakon. A Flakon era uma fábrica para artigos feitos de vidro. Em frente a ela, fica esse centro cultural cujo nome significa literalmente “fábrica de pão”.

Fabricas de Moscou centros culturais flakon 8

Fabricas de Moscou centros culturais Flakon o mundo seria melhor
O mundo seria melhor se eu…

Hoje elas abrigam dezenas de pequenas lojas, teatros, cinemas e restaurantes, tudo coberto por arte de rua. Para quem gosta de compras, é um bom lugar para achar roupas e souvenirs diferentes. Nos fins de semana, acontecem todo tipo de festivais.

Vinzavod

Fabricas de Moscou centros culturais Vinzavod placa

Fabricas de Moscou centros culturais vinzavod 2
Em russo, Vinzavod significa literalmente “fábrica de vinho”: aqui as rolhas eram produzidas e vinho e cerveja eram engarrafados. Agora o lugar abriga galerias de arte e fotografia, assim como butiques independentes.

Fabricas de Moscou centros culturais vinzavod garrafas de vinho

Fabricas de Moscou centros culturais vinzavod dentro das galerias
O Vinzavod é muito conhecido pela qualidade das galerias de arte, que estão por todo lado e geralmente tem entrada franca. Também existe um centro de arte contemporânea, que quando eu estava lá tava tendo uma exposição das melhores fotografias russas tiradas em 2017.

Fabricas de Moscou centros culturais vinzavod arte de rua
Também fui em algumas das lojinhas, e esse é um bom lugar para encontrar souvenirs como plaquinhas e camisas com estampas soviéticas. Adorei uma lojinha chamada Очевидное – Невероятное, que tem todo tipo de coisas diferentes. Comprei um chocolate húngaro que parecia mais bonito do que bom, mas que me surpreendeu e era um dos melhores que já comi na vida. Também tem uma boa loja de vinis e uma livraria.

Fabricas de Moscou centros culturais vinzavod 4

ArtPlay

Fabricas de Moscou centros culturais ArtPlay 4
Conhecido em Moscou como um centro de design, a ArtPlay ocupa o lugar de uma antiga fábrica de manômetros.

Fabricas de Moscou centros culturais ArtPlay 2
Ela ficou conhecida como um centro de design, sendo a sede para diversas firmas que se especializam em planejamento urbano e arquitetura. Para o viajante, é interessante ver os antiquários, as lojinhas, os restaurantes e bares. Sim, todas tem bares e são boas de visitar de dia ou de noite.

Fabricas de Moscou centros culturais ArtPlay

Fabricas de Moscou centros culturais Artplay 5
Obviamente é um lugar que não tem medo de ousar – eles fizeram uma exibição de arte anti-Putin até o início desse ano.

Fabricas de Moscou centros culturais ArtPlay 3
É isso, por enquanto. Quando eu estava em Moscou, várias fábricas estavam convertendo para se tornarem espaços parecidos, então daqui a pouco teremos ainda outras fábricas para visitar.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s