Fundação Prada – um centro de arte contemporânea em Milão

Quando eu fui para Milão para ver a Expo 2015, todo mundo no meu albergue tava falando da Fundação Prada, o enorme centro cultural que tinha acabado de abrir sua sede em Milão do lado do nosso albergue. Uma destilaria de 11 mil metros quadrados tinha sido reformada e recebido três novos prédios, e recebeu o enorme centro de exposições.

Fundação Prada Milão 2

Segundo o arquiteto Rem Koolhaas, a intenção era conservar o que pudesse e misturar com o novo, para não deixar que a preservação e a arquitetura nova ficassem segregadas. Tudo na Fundação tinha que estar em interação permanente.

Fundação Prada Milão prédio dourado

A exibição que eu mais curti quando estava lá se chamava “Serial Classic”, e focava nas inúmeras cópias romanas de estátuas gregas, sendo que na maioria dos casos o original se perdeu.

Eles querem discutir como a idéia de “clássico” está ligada à noção de originalidade, mas na verdade essas estátuas eram duplicadas ou mesmo produzidas em série. E mostra como o paradigma era diferente, porque essa produção em série era importante.

Fundação Prada Milão seria classic 2

Fundação Prada Milão serial classic

Fundação Prada Milão serial classic 3

A Torre, ou Casa Mal-Assombrada, é outra parte do museu, que tem uma exposição permanente de Robert Gober e dois trabalhos de Louis Bourgeois. A idéia da casa mal assombrada foi pensada justamente para essas obras, e a atmosfera combina muito com elas. Ela fica no prédio dourado.

Fundação Prada Milão prédio dourado 2

Fundação Prada Milão exposição

Fundação Prada Milão exposição 2

Outra exposição permanente é a Grotesque Process, de Thomas Demand, que recriou uma gruta na ilha de Majorca com trinta toneladas de papelão cinza.

Fundação Prada Milão grotesque process

Em um prédio da antiga destilaria, a Cisterna, fica o Tríptico, uma exposição de três obras selecionadas que estão sempre em rotação.

O espaço inclui um teatro, uma biblioteca e o Bar Luce, um café estilo anos 50 desenhado por Wes Anderson. Para quem gosta do estilo do diretor de Moonrise Kingdom e o Grande Hotel Budapeste, vai reconhecer o estilo na hora, embora dessa vez ele seja baseado em bares milaneses tradicionais. Os jogos também estão relacionados ao filme. Sinceramente, o bar é adorável, e é por si só um motivo para visitar.

Fundação Prada Milão Bar Luce Wes Anderson

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s