Roteiro pelas torres medievais de Bologna

Bologna é conhecida como a cidade das torres. Em posts anteriores falei que ela é conhecida com La Dotta (a sábia), La Grassa (a gorda), e La Rossa (a vermelha), mas ela também era conhecida como La Turrita (a cheia de torres). O nome vem da Idade Média, quando elas eram mais de 80, o que leva alguns historiadores a chamar a cidade de Manhattan medieval.

bologna medieval

Cada família poderosa tinha que ter uma, e é de onde ainda vêm os seus nomes. Hoje em dia, todo turista passa para ver as duas mais famosas, que são o cartão postal de Bologna, mas nem todo mundo sabe que ainda existem vinte e uma torres medievais na cidade.

torres de bologna_2

torres de bologna 2_2

As Duas Torres

Duas Torres

As Duas Torres são as mais famosas, e podem ser vistas de quase qualquer lugar de Bologna. Ambas foram construídas no século XII.
A maior delas é a Torre degli Asinelli, que aos 97 metros é a mais alta da cidade e fica aberta para quem quiser subir e ver a vista. Ela é cercada de lendas, como a que diz que os estudantes que sobem lá não se formam. Ou que casais que sobem juntos se separam. Também dizem que há um vaso quebrado lá em cima, mas ninguém nunca viu. Se você resolver subir, vai ver no meio do caminho uma plaquinha que indica a altura da Torre de Pisa. Burn.

O que não é nem uma lenda, mas uma piada criada por um tio do pavê italiano é a história que dá para ver cento e uma cidades do alto da torre. Cento é uma cidadezinha lá perto. E a uma é Bologna mesmo.

Torre degli asinelli Bologna

Voluntários subiam lá na Segunda Guerra Mundial para poder ver onde bombardeios ocorriam e direcionar a ajuda.
A mais baixa e mais torta é a Garisenda. Na verdade, ela costumava ser maior e teve que ser diminuída porque tinha risco de desabar. Ela também é cheia de lendas, principalmente as que tentam explicar por que ela é tão torta. Ela também é célebre por ter sido citada duas vezes na Divina Comédia de Dante.

Torre Alberici

Torre degli Alberici Bologna 2

Diz a lenda que essa é a torre mais antiga de Bologna, terminada em 1273. As casas ao lado também vem do século XIII, e são conhecidas como Case Seracchioli e Casa Bolognini. Elas são alguns dos melhores exemplos de casas medievais na cidade. Hoje a torre abriga o restaurante histórico Al Pappaggallo. A torre contem uma loja há pelo menos sete séculos.

Torre degli Oseletti

Bologna italia Torre degli Oseletti museu da musica
Dá para ver a entrada da torre embaixo


Essa é uma torre que acabou ficando englobada por um palácio, o Palazzo Sanguinetti. Hoje ela ainda é a sede do Museu da Música de Bologna, conhecido pelos afrescos e pelos instrumentos musicais antigos. Mozart fez uma prova para estudar aqui e errou uma questão, mas os professores reconheceram o seu enorme talento e permitiram que ele se corrigisse. A prova errada está na coleção do museu. O acesso é pela outra entrada do prédio.

 

Torre dei Bertolotti

 

Bologna piazza minghetti Torre dei Bertolotti

Essa torre é outra que foi diminuída ao longo dos séculos, mas ninguém sabe o porquê. Hoje ela é cercada por um palácio posterior, a Casa dei Saraceni, em estilo renascimento bolonhês. Ela foi amplamente reformada para ter o estilo do prédio, e por isso mal se destaca dele.

 

Torre dei Toschi

 

Bologna Torre dei Bertolotti piazza minghetti

Outro caso de uma torre englobada por um prédio posterior, a Casa Policardi, do século XVI. Hoje ela fica na Piazza Minghetti. Ela ficou conhecida por dois crimes, que terminaram por provocar o declínio da família: a tentativa de envenenamento de Giovanni degli Orsi e sua esposa por Giovanni dei Toschi, e o assassinato de Ugolino Stefano Toschi por seus irmãos em uma disputa de herança.

Torre dei Carrari

Bologna torres medievais Torre dei Carrari

Essa torre foi construída no século XII, mas o edifício em volta vem só dos anos trinta, quando foi construído em estilo falso-medieval. Hoje ela abriga um pet shop.

Torre dei Galluzzi

Torre dei Galluzzi Bologna

Essa é uma das torres mais visíveis, a alguns passos da Piazza Maggiore. A construção dela começou em 1257, o que faz dela a torre mais moderna a ser conservada quase exatamente como era. Muitas das outras foram diminuídas, ou janelas foram abertas. Por ser tão conservada, a porta original fica a dez metros do chão. Isso acontece porque ela era ligada a uma casa de madeira.

A família que a construiu ficou famosa na cidade por um caso estilo Romeu e Julieta, em que um rapaz a família se casou em segredo com uma moça da odiada família Carbonesi, e ambos foram assassinados pela família dela.
Hoje ela abriga uma livraria Mondadori nos primeiros andares.

 

Torre dei Catalani

Bologna torres medievais Torre dei Catalani

Essa é uma casa-torre, no pequeno vicolo Spirito Santo. Até hoje existem na base alguns anéis que eram usados para prender animais. Hoje ela é a Sede do Arquivo de Estado.

 

Torre degli Agresti

Bologna Torre degli Agresti torres medievais

Essa torre sobreviveu a incêndios e bombardeios, e por isso é bem menor do que costumava ser. Hoje ela é uma das sedes da Questura, e foi onde eu fui tirar as impressões digitais para fazer o Permesso di Soggiorno, a carteirinha de estrangeira residente em Bologna.

 

Torre dei Lapi

Bologna torres medievais torre dei lapi

Originalmente um depósito de pólvora, hoje essa torre está englobada pelo Palazzo Comunale de Bologna. Alguns estudiosos acreditam que ela era parte das muralhas da cidade durante a Idade Média.

 

Torre degli Accursi

Torre degli Accursi ou torre dell'orologio Bologna

Virando na Piazza Maggiore, a Torre degli Accursi (ou Torre dell’orologio, torre do relógio) pertencia à família com o mesmo nome, que depois a vendeu para a cidade de Bologna. Hoje ela também faz parte do Palazzo Comunale. Foram eles que colocaram na fachada o enorme relógio, em 1444. Também foi a cidade que renovou o palácio no século XIX, adicionando os pórticos embaixo. Parece incrível, mas um dos edifícios mais famosos na cidade dos pórticos não tinha um.

Torre dei Lambertini

Torre Lambertini Bologna

Essa fica do lado da Piazza Maggiore, na Piazza del Re Enzo. Ela foi incorporada ao Palazzo del Podestà, e pertence à cidade. Ela também é conhecida como torre das mulheres, por ter sido usada com prisão feminina.

Torre dell’Arengo

Torre dell'arengo Bologna

Também na Piazza Maggiore fica a Torre dell’Arengo, na época construída em uma encruzilhada. Hoje ela é conhecida pelo sino, e é a terceira torre incorporada ao Palazzo Comunale.

 

Torre dei Ramponi

Bologna torre piazza maggiore

Mais um caso de uma torre medieval que foi englobada por um edifício posterior. Hoje ela é uma loja de roupas.

 

Torre degli Scappi

Torre Scappi Bologna

Originalmente do século XII, a torre foi circundada por um prédio posterior, a Casa Coccapani, do século XVI. Ela deveria ser uma das torres mais altas da cidade, mas nunca foi terminada. Na base, ela hospeda La Coroncina, uma das lojas mais famosas da cidade, fundada em 1694.
O palácio fica na esquina conhecida como Canton dei Fiori, que é famosa por algumas curiosidades. Uma delas é o graffiti, presente no chão e no teto, que clama “Panis Vita” (pão é vida), “Vino Letitia” (vinho é alegria), “Cannabis Protectio” (maconha é proteção), e Canton dei Fiori, por causa do café histórico. Os mosaicos foram feitos no século XVI, antes da maconha ser proibida ao redor do mundo.

Maconha é promoção

Torrei dei Ghisilieri

Torre Ghisilieri Bologna 2

Essa é outra torre que foi cercada de outras casas posteriormente, e ela não é muito alta, por isso é a mais difícil de ver das torres. Praticamente só dá para ver do lado da Igreja de San Gregorio e Siro ou nos pátios internos da rua Montegrappa.

 

Torre dei Conoscenti

Torre Conoscenti Bologna

Essa torre foi construída no século XIII, e depois se viu cercada pelo palácio Ghisilardi Fava, construído no século XVI. Por isso hoje o acesso é por um pátio. Tanto a torre quanto o palácio são parte do Museo Civico Medioevale.

 

Torre Prendiparte

Torre Prendiparte Bologna

Essa torre é a segunda mais alta da cidade também fica aberta para visitantes, mas tem um preço mais salgado: ela é um bed&breakfast. Quem pagar para passar a noite fica com a torre medieval só para si, pode subir para ver a vista de noite e ver os desenhos dos antigos prisioneiros da torre.

Ela também é conhecida como Coronata (coroada), por causa da decoração perto do topo, que lembra uma coroa.

 

Torre dei Guidozagni

 

Bologna torres medievais Torre dei Guidozagni

Essa é uma casa-torre pequena, que passou por uma extensa reforma nos anos 20 porque estava sob risco de cair. Ela fica do lado da Torre dei Prendiparte, que aparece do lado na foto.

 

Torre degli Azzoguidi

Torre Altabella Bologna

A Torre degli Azzoguidi também é conhecida como Torre Altabella, pela sua altura e a beleza da construção. E também pelo fato de que ela nunca entortou. Ela fica bem ao lado da Cattedrale di San Pietro, no centro da cidade, e é a segunda mais alta da cidade. Hoje ela hospeda uma relojoaria.

 

Torre degli Uguzzoni

 

Bologna Torre degli Uguzzoni gueto judaico

Essa casa-torre fica no gueto judeu de Bologna, e costumava ser conectada a uma casa de madeira do lado. Hoje é uma das sedes do banco Credito Romagnolo.

 

Essas não são as únicas torres de Bologna, é claro, apenas as mais antigas. Essas são as que restam da Idade Média, mas muitas outras foram construídas depois em vários estilos. Por isso quando você sobe em uma delas, você tem uma vista assim.

Melhor vista de Bologna

Também existem as portas das várias camadas de muros, e depois vamos fazer mais posts para contar mais sobre a história da cidade.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s