22 Pratos Típicos Para Provar no Marrocos

Eu amei a comida do Marrocos. Tudo vinha bem temperado, os ingredientes eram frescos, a comida era versátil. Era só passar em um mercado para sentir o cheiro de cebola e alho, ver pirâmides de temperos, e ter vontade de provar tudo. Gostei tanto que fiz uma aula de culinária em Fez, onde aprendi a fazer alguns dos meus pratos preferidos. Tô colocando na lista alguns dos imperdíveis para provar no Marrocos:

 

1) Tagine

Tagine foi o prato que eu mais comi no Marrocos. O nome vem da panela de barro cozido com uma tampa cônica em que ele é preparado, e basicamente qualquer alimento pode ser cozido assim. Então ele é muito diverso, e presente em todo tipo de restaurantes e cafés.

Algumas versões são mais tradicionais:

1.1) Mrouzia 

Marrocos comida típica provar tagine cordeiro ameixa amendoas

Tagine de cordeiro com ameixas e amêndoas, com um gosto um pouco doce por causa das frutas. Eu geralmente não curto a mistura de doce e salgado em pratos, mas o doce era bem suave e com gosto de fruta mesma, então gostava muito da combinação.

 

1.2) Mqualli 

Marrocos comida típica provar tagine frango com conserva de imão

Tagine de frango com limão siciliano em conserva e azeitonas. O limão siciliano em conserva é muito típico da culinária marroquina e muito apreciado, e eles usam a casca em vários pratos. 

 

1.3) Kefta

Marrocos comida típica provar tagine kafta ovos
Tagine de kafta de camelo, no Cinema Riad em Fez

Tagine de kafta (ou Kafka como confundem certos ministros) no molho de tomate com ovos em cima. Geralmente eles jogam o ovo cru por cima, para esquentar no molho, e se chega na mesa rápido, com a gema ainda mole, é perfeito.

 

2) Cuscuz

Marrocos comida típica provar cuscus
Cuscus das barraquinhas da praça Djema El Fna, em Marrakech

Cuscuz foi o outro prato que eu mais comi. Frequentemente, eles eram servidos juntos, com a carne do tagine em cima de um cuscuz. O cuscuz que eu mais vi é o de sete legumes, que é tradicionalmente comido às sextas-feiras, quando muitos muçulmanos não comem carne. Outro tradicional, geralmente servido nos dias de festa, era o com cebolas caramelizadas com passas e amêndoas.

 

3) Pão, queijo de cabra e azeitonas

Marrocos comida típica provar pão azeitonas

A combinação de pão, queijo de cabra e azeitonas foi uma das melhores partes do Marrocos para mim. Era só sentar em qualquer restaurante que geralmente eles já traziam o pão redondinho (khobz) e as azeitonas, e freqüentemente traziam um pouco de queijo de cabra também. Essa também virou minha combinação preferida para comprar nos mercados locais quando queria um almoço simples ou um piquenique.

 

4) Shakshuka

pratos-tc3adpicos-oriente-mc3a9dio-shakshuka-ovos-tomate.jpg

Eu amo shakshuka, então é algo que fiz questão de provar no Marrocos. Ele é feito com tomates, pimentões, alho e vários temperos, que cozinham por um bom tempo até ficarem com uma consistência de pasta, e depois ovos crus são colocados em cima até cozinharem lentamente, deixando a gema mole. 

 

5) Zaalouk

Marrocos comida típica provar sopa harira zaalouk pão
O Zaalouk tá embaixo, entre a sopa Harira e o pão. Esse foi o que eu fiz no meu curso de culinária no Café Clock de Fez

Eu vi dois pratos diferentes sendo chamados de Zaalouk no Marrocos. Um era uma pasta de berinjela, muito parecida com um babaganoush, e a outra era uma salada de berinjela grelhada, com pimentão, tomates, azeite e temperos. Eu aprendi a fazer essa salada quando fiz um curso de culinária em Fez, e até hoje é um prato fácil e muito saboroso que eu faço constantemente.

 

6) Harira

Marrocos comida típica provar sopa harira zaalouk pão
De novo do meu curso de culinária em Fez

Harira geralmente é descrita como uma sopa forte, muito grossa, e geralmente tem grão de bico e lentilhas. Ela pode ser feita com carne, geralmente cordeiro, ou sem. Ela geralmente é feita para quebrar o jejum durante o Ramadã. Também foi a entrada que escolhemos preparar durante a aula de culinária que fiz em Fez (vai ter post próprio).

 

7) B’stilla ou Pastilla

Marrocos comida típica provar bastilla

Essa é uma torta tradicional, feita com pombo ou frango e amêndoas doces e canela, que mistura o salgado com doce. Não curto tanto a mistura, então não pedi uma, mas provei duas vezes quando outras pessoas pediram. Em uma, era um pouquinho doce e os sabores combinavam, na outra achei que parecia um doce com frango.

 

8) Makouda

Marrocos comida típica provar makouda batata comida rua

Makouda é um clássico da comida de rua, uma batata deep-fried e servida com molho picante.

 

9) Sardinhas picantes

O Marrocos é o maior exportador de sardinhas do mundo. Muitas vezes elas são fritas inteiras e servidas com molho picante, especialmente nas cidades da costa.

 

10) Bissara

Marrocos comida típica provar café da manhã
Café da manhã para uma pessoa do meu albergue, o Riad Verus em Fez, com bissara, sopa de lentilhas, sanduíche com peito de peru, queijo e ovo, suco de laranja, café ou chá, salada de frutas, um muffin e um doce

Esse é um prato comum para o café da manhã, uma sopa de feijão com um pouco de cominho. Em alguns restaurantes em que eu fui, um pratinho também era servido como entrada.

 

11) Espetinhos

Marrocos comida típica provar jantar espetinhos e cuscuz
Das barraquinhas de comida de Djema-el-Fna

Espetinhos são bem comuns como comida de rua, e vi vários lugares que serviam na Djema el Fna, a enorme praça caótica de Marrakech. Na maioria deles, você só pedia espetinho e vinham vários, com carneiro, frango, pimentão, cebola.

 

12) Bebouch – Sopa de caracol

Marrocos comida típica provar sopa caracois
Comida de rua em Fez

Sopa de caracóis pode ser encontrada em todo o Marrocos, e, segundo os locais, é boa para a digestão e febre. Por todo lado vi carrinhos em que ela era servida como comida de rua, e eles te dão palitos de dente para tirar os caracóis da concha.

 

13) Tanjia

Marrocos comida típica provar tangia
O recipiente – créditos: wikicommons

Um dos pratos mais típicos de Marrakech, que levam o nome dos vasos de cerâmica em que são preparados. Os vasos são cheios com pedaços de carne e temperos, depois cozinham lentamente em cima de brasas.

 

14) Rfissa

Marrocos comida típica provar yassa gunar rfissa
Restaurante Blackchich, em Marrakech, marroquino-senegalês. Os pratos são Yussa Gunar, com frango com molho de limão à esquerda, uma mezze de pastas árabes no meio, e Rfissa de frango à direita. O restaurante também tinha vista para a medina, música ao vivo e foi um dos meus preferidos no Marrocos

Rfissa é feito com uma base de msemmen, um pão fininho típico do marrocos, que depois é mergulhado em brodo e temperos. Ele geralmente é acompanhado com frango e lentilhas. 

There may be nothing elegant about pouring hot meat and broth over a plateful of bread, yet around the world such humble fare is regarded as savory, satisfying comfort food at its best. In Morocco it takes the form of Rfissa, a spectacular presentation of stewed chicken and lentils fragrantly seasoned with fenugreek, saffron and Ras el Hanout. The dish is famously served to new mothers, but it’s also a popular specialty dish to offer to family or guests on other occasions.

 

15) Mechoui

Marrocos comida típica provar cordeiro mechui molho de laranja
Cordeio mechui com molho de laranja, cogumelos e cebola, do Nomad em Marrakech

Mechoui significa lentamente, e é um método para preparar carneiro típico de Marrakech. No interior, muitas vezes ele é assado inteiro em um buraco cavado no chão, por cinco ou seis horas. Nos restaurantes mais modernos, muitas vezes eles fazem só uma parte do carneiro, mas ele também é assado muito lentamente. O meu tava derretendo, dava para comer com o garfo.

 

16) Tapas

Marrocos comida típica provar tapas tangier
Pratos de tapas do Rubis Grill em Tangier

A tradição de tapas é bem comum na parte norte do Marrocos, que foi alvo de colonização espanhola. No meu albergue em Tangier, eles recomendaram alguns lugares, sempre escrevendo em quais os tapas eram oferecidos de graça quando você pedia vinho e onde eles eram pagos. Eu fui com uma menina do albergue no Rubis Grill, onde tomamos vinho da região de Fez e comemos bissara, vários pratos de legumes, lentilhas, arroz com cordeiro. Embora tenhamos tomado só uma garrafa, eles continuaram trazendo comida enquanto estávamos ali.

 

17) Carne de camelo

Marrocos comida típica provar hamburguer camelo
Hambúrguer de camelo do Café Clock em Chefchaouen

Vi vários lugares que ofereciam carne de camelo no Marrocos, geralmente como kafta. Comi um tagine e esse hambúrguer. Ele tinha uma geléia um pouco doce em cima, porque eles dizem que combina com a carne, e estava uma delícia.

 

18) Briouat

Marrocos comida típica provar briouat
Crédito: wikicommons

Briouat é um triângulo de massa que pode ter recheios doces ou salgados. Na versão salgada, geralmente vem com frango, cordeiro ou queijo, enquanto na versão doce eles geralmente vêm com amêndoas.

 

19) Shebakia

Shebakia é um doce em formato de flor, feito com sésamo frito e mel. Eles geralmente são encontrados em mercados, e é bom olhar se não tem nenhuma abelha antes de morder.

 

20) Blighat b t’mer

Marrocos comida típica provar rolinhos de tâmaras e amêndoas
O que eu fiz no Café Clock de Fez

Rolinhos de tâmaras e amêndoas, que foram o doce que minha turma escolheu fazer durante nossa aula de culinária em Fez.

 

21) Laranja com canela

Marrocos comida típica provar laranjas com canela

Eu sou a pessoa que pede fruta de sobremesa, então essa era minha sobremesa preferida no Marrocos. São fatias de laranja cortadas finas, com canela, e às vezes com mental, nozes e tâmaras secas também. 

 

22) Chá de menta

Marrocos comida típica provar chá de menta

Chá de menta é muito importante na cultura marroquina. Sempre me ofereciam uma xícara nos albergues, nas lojas, em restaurantes. Ele é feito com chá verde e menta, e geralmente com uma quantidade enorme de açúcar. Quando era possível, eu pedia sem açúcar, e muitas vezes a resposta era algo no estilo “de amarga basta a vida”.

Também é cultural levantar muito o bule quando estiver servindo o chá. É importante que o chá tenha bolhas, em sinal de respeito ao hóspede, e por isso ele deve ser servido assim. No albergue, os hóspedes muitas vezes se revezavam para servir, tentando estender o braço como víamos os marroquinos fazendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s