Masopust: minha experiência no carnaval de Praga

Quando eu fiz trabalho voluntário em Praga, um dos assuntos que mais discutia com os alunos era o carnaval. Até os pequenos já tinham ouvido falar do carnaval brasileiro, e eles queriam saber tudo, como era, que músicas que tocam, quanto custa ir. Os vídeos que peguei no YouTube faziam o maior sucesso, e vários alunos depois pediam os links para mostrar para a família. E aí no final eu sempre perguntava: e aqui, o que vocês fazem no carnaval?

Silêncio. Aí um deles virava indignado e falava: “aqui não é feriado e a gente tem que ir para a aula!” Aliás, um aluno até escreveu no site da escola que o que ele ficou mais impressionado sobre o Brasil é que as crianças têm uns dias de folga da escola para ver o carnaval.

Finalmente, alguém começava a me contar sobre o Masopust. A festa não era especialmente popular lá, depois de séculos de protestantismo e décadas de comunismo, mas a cada ano fica mais cheia.

 

Feirinhas

Na Praça Venceslau, ficava uma feirinha que parecia muito uma feirinha de natal, com comidas típicas, vinho quente e apresentações. Tinha outras pela cidade, mas essa foi a que ficou mais tempo e que tinha a programação mais legal.

 

Máscaras

 

 

Crédito: Soňa Pražáková 

O evento maior é o desfile de máscaras. Nela aparecem malabaristas, músicos tradicionais, e pessoas com fantasias que tem significados próprios na cultura tcheca. Tem o Strakatý (Multicolorido), a Ženuška (Mulherzinha), a Kobyla (Égua), o Slaměný (Fanfarrão). Eles passavam de casa em casa, desejando felicidade e filhos. Mascarados competem para ver quem pula mais alto – em memória de uma tradição que garantia que seu trigo vai crescer quão alto quanto vocẽ conseguir pular.

O mais interessante das apresentações de rua é ver os rostos mascarados contra a arquitetura barroca da cidade.

 

Comida

Diz a lenda que antigamente as pessoas passavam de casa em casa fazendo pequenos favores em troca de doces e carne de porco – o que garantia boa sorte a todos. Hoje a tradição não existe mais, mas você ainda pode provar os pratos típicos, a maioria feitos de porco assado e sauerkraut.

 

Eventos

Praça Venceslau Praga Carnaval Masopust 1

Existem desfiles de rua em vários bairros, o maior dos quais atravessa  Žižkov. A concentração começa ma Náměstí Jiřího z Poděbrad (tem uma estação de metrô com o mesmo nome), e lá já tinham barraquinhas com vinho quente. Uma hora e meia, o desfile chegava em Viktorky Žižkov, mas a festa continua lá por horas.

Em alguns palácios, também acontecem festas mais chiques, com os convidados todos em roupas de época. Assim como quando passei o carnaval em Veneza, fui só nos eventos gratuitos, mas quem sabe algum dia?

Assistindo à missa da quarta feira de cinzasedison-spolecna-fotografie-www-54e73727cc945

Na escola católica em que trabalhamos

A palavra tcheca significa literalmente “sem carne”, já que as pessoas mais religiosas não comiam carne durante os quarenta dias até a Páscoa – a mesma origem da nossa palavra carnaval. Como na semana da Quarta Feira de Cinzas eu estava trabalhando em uma escola pública católica, eles muito educadamente nos convidaram para assistir a missa. Eles nos falaram que não era obrigatório para ninguém, como não era para os alunos, mas que muita gente no grupo nunca tinha visto uma, e se alguém tava curioso a respeito, não precisava ter medo de ofender e podia aparecer para ver. Algumas meninas da Ásia realmente estavam curiosas, e foi legal terem convidado. Elas acharam super interessantes ver alguns alunos e professores andando o dia inteiro com a cruz de cinzas nas testas.

Eu também fui ver, porque minha host sister ia tocar violino na missa. O que achei mais legal foi que o padre passou um folheto para os alunos dizendo que a prática de jejuar não era só espiritual, mas também pensada para ajudar os outros. E que eles podiam passar os 40 dias fazendo pequenos sacrifícios que realmente ajudam alguém, e ele passou uma lista de 40 sugestões, como ajudar seus pais a fazer o jantar, ouvir as histórias das pessoas mais velhas da família e ajudar seus irmãos. Também achei interessante que os bancos eram aquecidos durante a missa, já que era inverno. 

Foi uma experiência curiosa para mim, que não sou religiosa e nem sei o que acontece no Brasil nas igrejas, mas acabei assistindo uma missa em Praga.

 

Se você está indo para Praga durante o carnaval, não esqueça de checar a programação para saber exatamente o que vai rolar esse ano. Se der, compre uma máscara e alugue uma fantasia e se junte ao desfile.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s