8 motivos para fazer um intercâmbio social

A decisão de fazer um intercâmbio social foi uma das melhores que já fiz. O intercâmbio realmente foi uma experiência única, em que repensei minha vida, fiz amigos para a vida e conheci uma cultura nova que me fascinou. Aqui são alguns dos motivos pelos quais valeu tanto a pena fazer um intercâmbio voluntário.

 

Desafiar-se

Trabalho voluntário Praga edison nós sendo colocadas em fogo

Não tem nada melhor que sair da sua zona de conforto e se desafiar. Tem um milhão de jeitos de fazer isso, alguns até sem levantar do seu sofá. Mas o desafio enorme de lidar com uma cultura diferente, participar de um projeto novo, trabalhando com gente do mundo todo, é simplesmente incrível. Desafiando-se, você vai descobrir muito sobre você, e não tem como não voltar uma pessoa diferente.

 

Imersão na cultura

Trabalho voluntário Praga edison recepção
Minha recepção em Praga

Viajar para fora ainda é muito caro para brasileiros, então muita gente acaba viajando no esquema 1 dia/ 1 cidade, vendo as atrações principais de cada lugar, mas nada a mais. Ter a experiência de passar alguns meses em uma cidade, tendo uma rotina e conversando com locais é completamente diferente, e te dá uma perspectiva nova sobre o lugar. Você começa a ter uma compreensão mais íntima sobre o país, e se torna parte de uma comunidade.

 

Devolver

IMG_20150210_122743 Trava-línguas

Se a sensação de ser recebido por uma comunidade é incrível, o outro lado da moeda é ainda melhor: devolver. Fazer algo que está efetivamente ajudando essa comunidade é uma das sensações mais satisfatórias que existem.

 

Desenvolvimento de liderança

Trabalho voluntário Praga edison eleição dos líderes dos times
Eleição dos líderes com água gelada na cabeça – no inverno! – na AIESEC Praga

Liderança é algo que você aprende fazendo. Quando te colocam em uma posição de responsabilidade, de repente você aprende qual é o seu estilo de liderança. Bonus points se a organização quer fazer isso de forma consciente e te ajudar a se desenvolver, como o pessoal da AIESEC Praga fez durante meu intercâmbio lá.

 

Ter a oportunidade de sair da sua rotina e repensar a vida

Trabalho voluntário Praga edison labirinto espelhos
Labirinto de Espelhos

Muita gente que eu conheço sempre se sentiu ligada a uma causa e pensou que gostaria de fazer algo a respeito, mas acabou escolhendo uma carreira que não tem nada a ver e não se envolve. Essa vai ser uma oportunidade de colocar tudo em perspectiva quando você entrar em contato com as pessoas que estão trabalhando com isso e ver como elas estão fazendo isso.

 

Desenvolver-se profissionalmente

prezentace-o-brazilii-ve-tride-6a-54e3721d13353
Foto tirada por um aluno da escola

Hoje em dia, você corre o risco de fazer uma entrevista de emprego em que metade dos candidatos fez intercâmbio na Austrália e metade no Canadá. Chegando lá fazendo que você foi além do óbvio high school/algumas semanas nas férias te coloca em posição de destaque desde o início.

Mesmo que o projeto não seja na sua área de atuação, você pode desenvolver tolerância, capacidade de se apresentar em público, capacidade de multitasking, e se tornar um profissional melhor.

 

Choque cultural reverso

Nosso mascote, Edison

Talvez a parte mais interessante de viajar seja voltar para casa e ver o que era familiar com novos olhos. Depois que você volta de uma experiência como voluntário fora, dificilmente o que era normal continua sendo. E o que era impossível, problema do governo, uma pessoa não pode mudar o mundo, etc, agora pode ser factível.

 

Fazer amigos

Trabalho voluntário Praga edison fazendo amigos cesky krumlov

Eu coloquei essa no final por um motivo. Quando eu fiz imigração na Alemanha, indo para a República Tcheca como voluntária, mostrei para o oficial a carta que a AIESEC Praha tinha preparado para mim, com a descrição da minha função. O cara começou a rir. Eu perguntei por que, e ele disse que o item 7 das minhas funções era fazer amigos. Eu também ri e disse que era importante, e ele concordou e brincou que ele queria que o trabalho dele também fosse assim. Eu achei que era só uma coisa sem sentido que eles tinham colocado, porque fazer amigos não era realmente parte das minhas funções. Mas depois, comecei a achar que era.

Isso é importante porque você vai ter oportunidade de conversar com os locais, mas também com voluntários de vários países, e aprender sobre as culturas deles, além de criar uma rede de contatos fora.

Trabalho voluntário Praga edison provando comidas diferentes
Levando bubble tea para uma escola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s