17 Pratos típicos para provar na Sardegna

Mais um post sobre a comida típica de uma região da Itália, dessa vez com a Sardegna, ou Sardenha, uma ilha no mediterrâneo conhecida pelas praias paradisíacas. Por isso, obviamente, eles são muito famosos pelos frutos do mar, mas também tem muitos pratos da tradição campesina para quem quer algo diferente. É uma culinária muito diversa, baseada em produtos frescos, e que fez muito para valorizar o que é produzido localmente.

1) Pane carasau

O Carasau é o fininho, e que veio para a gente fazer a scarpetta, pegar o molho no final da refeição com pão, em todos os restaurantes

O pão da Sardegna é muito famoso na Itália, um pão fininho e crocante. Ele é muito ligado com a cultura sarda, e vem acompanhando muitos pratos como ingrediente, ou para fazer a scarpetta no final – usar o pão para comer o resto do molho.

2) Pecorino Sardo

Na foto o Pecorino nem é o queijo mais evidente, mas queria fazer propaganda desse lugar no centro, a Bottega di Tommy, onde peguei dois dias como almoço uma focaccia com pecorino. Uma era acompanhada de salame trufado, e uma com alcachofra sarda e salame picante, ambas gigantescas, um verdadeiro almoço, por 4 euros. Também tem copo de Canonnau por 2,50.

Resolvi colocar esse queijo de ovelha típico em segundo lugar, porque é um dos produtos que a gente mais vê. Variações dele também são típicas em outras regiões da Itália, como em Roma, onde ele é o queijo que acompanha a maior parte das massas, não parmesão, e ele é muito popular em todo o país. 97% do Pecorino é produzido na Sardegna, e por isso não dá para deixar de experimentar, ou em massas, ou puro como entrada, ou em sanduíches. 

3) Alcachofra Sarda

crédito: wiki commons

A Sardegna é muito conhecida por um tipo especial de alcachofra, também chamada de alcachofra espinhosa. Ela pode ser comida como entrada, vem em sanduíches, em pratos de massa, acompanha carne de carneiro, e vem como recheio em panadas (que também estão na lista). 

4) Insalata di polpo

Em um lugar conhecido pelos frutos do mar, uma das entradas mais comuns é a salada de polvo. Geralmente ela é servida como entrada, e acompanhada com batatas, aipo, azeite e limão.

5) Fregola con frutti di mare e zafferano

A Fregola é uma massa típica da Sardegna, feita com sêmola e que parece uma bolinha minúscula. Geralmente ela é servida com camarão e outros típicos de frutos do mar e açafrão. O açafrão sardo também é muito conhecido pela sua cor vermelha, e é chamado de ouro vermelho.

6) Culurgiones

Culurgiones do El Refettorio. Também comemos um maravilhoso na Botteghina

Os Culurgiones são um prato típico da zona di Ogliastra, considerada a parte mais selvagem da Sardegna. Eles são uma massa recheada com creme de batatas e menta, que pode ser servido com molho de tomate, manteiga e sálvia, ou com molhos mais diferentes. 

7) Spaghetti con i ricci di mare

Spaghetti preparado com ouriços, um prato que já apareceu no blog quando falamos dos pratos típicos da Campania, a região de Nápoles, onde os frutos do mar também são muito populares. Ele é protegido, então a pesca é muito restrita, e pode ser difícil achar fora de época, então é mais fácil comê-los entre novembro e abril.

8) Malloreddus alla campidanese

Malloreddus com o vinho Cannonau da casa, na Botteghina

O Malloreddus também é chamado de “gnoccheti sardi”, embora seja uma massa feita de sêmola, porque o formato lembra os gnocchi. O molho alla campidanese é um molho vermelho com base de linguiça sarda e açafrão. Até pouco tempo atrás, ele era servido principalmente em ocasiões especiais.

9) Bottarga

Bottarga inteira e ralada, crédito: wiki commons

A Bottarga é um dos produtos sardos mais famosos. Ela é feita com ovos de vários tipos de peixes, que são salgados, secos, e revestidos em cera. Na Sardegna, ela geralmente é feita com tainha e servida como entrada ou como condimento em pratos de massa. 

10) Zuppa gallurese

Crédito: wiki commons

O prato é chamado de Zuppa Gallurese ou Zuppa Cuata, mas não tem nada a ver com sopas, o significado normal de “zuppa”. Na verdade ele é feito com extratos de pão e de um molho de carne, e é um dos muitos pratos que as pessoas, para facilitar, às vezes chamam de “lasagna sarda” (outro prato que às vezes ganha esse nome é o Pane salìtu chin bagna, feito com pane carasau). Ele geralmente é feito com carne de ovelha e bovina misturadas, e com queijos de ovelha.

11) Carneiro

O Carneiro é uma carne muito apreciada na Sardegna, e aparece nos menus como secondo, principalmente como Agnello con i Carciofi, carneiro com alcachofras, em torno da páscoa, e como primo, na forma de ragù de carneiro. O carneiro lá é considerado um produto IGP, significando que existe uma proteção para o nome “Agnello di Sardegna”, para os carneiros criados na ilha.

12) L’aragosta alla catalana 

Apesar do nome de “lagosta à catalana”, ele é um prato criado em Alghero, cidade sarda de colonização catalã. Lagostas são muitos comuns por lá, e essa é servida com tomates frescos e cebolas.Seadas

As seadas são um tipo de doce típico na Sardegna, feito com uma massa frita recheada com um queijo preparado com um pouco de limão. Geralmente ele é feito com pecorino, e depois servido com mel ou açúcar.

13) Panada 

Panada com alcachofra, ervilha e carneiro

Panada era um nome que vem do latim para comidas que são feitas envoltas em pão, e parece que existe uma controvérsia sobre se as panadas são derivadas das empanadas, já que parte da Sardegna teve colonização espanhola, ou se são as empanadas que são derivadas das panadas. 

A mais antiga e tradicional é a panada recheada com enguia, a panada di anguille. Também existem versões recheadas com carne de carneiro, alcachofra e ervilhas, ou com tudo isso junto. 

Dá para achar panadas grandes, que são uma refeição, ou versões menores, as panadeddas, que são servidas como entrada.

14) Porceddu

Porceddu da Trattoria Lo Romanì

Porceddu em dialeto significa porquinho, e o Porceddu é carne de um porquinho assada lentamente. Eles só o salgam na metade do processo, com a intenção de que parte da carne fique muito tenra, e parte fique muito crocante. Ele geralmente é temperado com açafrão sardo, pimenta, noz moscada, menta, tomilho e murta.

15) Seadas

As seadas são um tipo de doce típico na Sardegna, feito com uma massa frita recheada com um queijo preparado com um pouco de limão. Geralmente ele é feito com pecorino, e depois servido com mel ou açúcar.

16) Cerveja Ichnusa

Essa é fácil de achar em toda a Itália, mas achei que valia a pena falar da Ichnusa porque ela é muito associada com a Sardegna. 

17) Vinho

Bottega di Tommy de novo

Lógico que o vinho também tem que aparecer, acompanhando a maioria das refeições. Os mais famosos entre os brancos são o Vernaccia di Oristano e o Vermentino. Entre os tintos, o mais famoso de longe é o Cannonau. Eu provei vários, e vi muitos tipos diferentes na Sardegna. Outro vinho famoso é o Malvasia, um vinho de sobremesa que vem da região de Bosa.

Clique na imagem para ler mais posts sobre a Itália.

Deixe uma resposta