14 Pratos Típicos para provar na Armênia

Eu amei todas as comidas do Cáucaso, mas a Armênia foi a que eu mais demorei para curtir. Ela não parecia tão especial nos restaurantes de Yerevan, e só me convenceu quando eu comi comida caseira mesmo, na pousada em que eu fiquei em Alaverdi, a Isis. Em todos os lugares a comida caseira era melhor, mas na Armênia para mim foi a maior diferença.

É importante lembrar que a Armênia foi parte do Império Otomano por um longo tempo, e muitas regiões na atual Turquia tinham enormes populações de armênios. No entanto, essa história acabou com o Genocídio Armênio, em que a maioria da população armênia no Império Otomano foi massacrada. O trauma nacional por causa desse evento ainda é forte, e a fronteira com a Turquia ainda está fechada. Por isso, tem muitos pratos que são muito parecidos com pratos que eu comi na Turquia, mas é bom lembrar que não é um comentário para fazer levemente. Chamar um café armênio de café turco, mesmo para quem vem de longe e acha que eles parecem idênticos, pode acabar magoando alguém, e é bom tomar cuidado.

Também vou colocar alguns pratos que são super típicos, e acabou que quase todos são de carne, mas é importante falar que muitos armênios não comem carne durante a quaresma, e oferecem um menu de quaresma mesmo em outros meses, com versões vegetarianas ou mesmo veganas dos pratos.

1) Harissa

Crédito: wiki commons

Não confunda com a pastinha apimentada do norte da África, Harissa na Armênia é um prato feito com aveia e pedaços de carne, como frango ou carneiro. Ele é muito ligado a ocasiões especiais, como a comemoração do fim da quaresma. 

2) Khash

Crédito: wiki commons

Khash é uma sopa muito comum no café da manhã, que é um prato típico do Cáucaso até a Bósnia e a Ásia Central. O nome dela vem do verbo armênio xašel (խաշել), que significa ferver. Ela é feita com carne de ovelha, especialmente com partes menos comuns como a cabeça, os pés e as tripas. É um prato de inverno que não cheguei a provar, mas o que eu mais ouvi sobre ela quando eu estava na Armênia é que ela é a melhor cura para ressaca.

3) Mante

Crédito: wiki commons

Mante são dumplings de carne de boi ou carneiro, geralmente servidos com pedaços de alho e um molho de iogurte.

4) Tolma

Dolma, o prato com arroz, carne e legumes embrulhados em folhas de repolho ou videira, é um exemplo de um prato que é comum em todo o antigo Império Otomano (e veio para o Brasil com os sírios e libaneses). Como os ortodoxos geralmente não comem carne durante a Quaresma, também é fácil achar em versão vegana.

5) Gata

Crédito: wiki commons

Gata é um pão doce feito com farinha, castanhas e um iogurte armênio conhecido como matsoni. Geralmente cada cidade tem sua forma de preparar Gata, e também existem versões para ocasiões especiais, como a Páscoa ou para casamentos.

6) Baklava

Crédito: wiki commons

Outro exemplo de prato que existe em  muitos países, Baklava é um doce feito com nozes, canela e outros temperos e mel.

7) Basturma

Crédito: wiki commons

Fatias de carne seca, preparadas com temperos como alho, pimenta preta, cominho e páprica. Vi muitas vezes servido como entrada.

8) Köfte

Kofte é outro prato comum nos países que eram parte do Império otomano, e são almôndegas cozidas de formas diferentes em cada país. As que eu mais curti foram as Çiğ köfte, almôndegas cruas, que pareciam um pouco com o quibe cru que a gente come por aqui.

9) Khorovats

Churrasquinho armênio, em que a carne é temperada com sal e pimenta. 

10) Lavash

Lavash de frutas em Geghard

Lavash é um tipo de pão fino muito comum na Armênia, e que é considerado inclusive patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. Com muitos pratos que pedi, veio como acompanhamento. No monastério de Geghard, também é muito comum ver pessoas vendendo a versão colorida, o lavash feito com vários tipos de frutas.

11) Lahmacun

Às vezes os turistas chamam de “pizza armênia”, com uma camada de pão crocante com recheio de carne, cominho e salsinha.

12) Plov

O plov é um prato originário da Ásia central feito com arroz e carne, mas que também é muito comum no Cáucaso. Na Armênia, ele geralmente tem bulgur e tipos de macarrão misturados com o arroz.

13) Eetch

Crédito: wiki commons

Eetch é um acompanhamento que vem em muitos pratos, uma salada feita com bulgur e vegetais que achei muito parecida com o tabule, que a gente vê muito no Brasil graças aos imigrantes libaneses.

14) Café armênio

Chamado de café armênio ou “Soorj”, ele é um café não-filtrado.

Clique na imagem para ler todos os posts sobre a Armênia.

Deixe uma resposta