Três museus que contam a história dos canais de Amsterdam

Quando eu penso em Amsterdam, eu penso em canais. São mais de cem quilômetros, 90 ilhas, 1500 pontes, 1500 prédios tombados neles.. Aliás, dizem que a desculpa mais comum quando você está atrasado em Amsterdam é “a ponte tava aberta para um barco passar!”. Eu queria conhecer mais da história dos canais, e achei três museus perfeitos para isso. Então vou contar um pouquinho sobre cada um deles.

 

Het Grachtenhuis

A primeira escolha é bem óbvia, já que o Het Grachtenhuis foi pensado justamente para contar a história dos canais de Amsterdam, para comemorar a inclusão deles como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Modelos, animações e projeções nas paredes contam como eles foram planejados e construídos.

A história começa em 1600, quando eles resolvem construir os primeiros canais. Eles queriam um modelo que fosse fácil de expandir, já que eles não tinham dinheiro o bastante para construir tantos canais assim, mas previam que isso seria necessário em breve. E a cidade ainda era cercada por uma muralha, que eles não queriam ter que reconstruir a cada canal novo. Foi assim que eles acabaram com o formato de semi-círculo pelo qual são famosos.

het grachtenhuis museu canais amsterdam
Crédito: divulgação

Eles também falam um pouco da técnica empregada para construir as casas em cima do que era basicamente lama. Eles não usam jargões e achei bem tranquilo de entender mesmo sem entender nada do assunto.

No primeiro andar, eles também contam a história da Casa, uma mansão do século XVII. Dependendo da época, é possível visitar o jardim também.

O visitante também tem acesso a uma database de 9600 prédios construídos nos canais.

het grachtenhuis museu canais amsterdam 2
Crédito: divulgação

Museu Van Loon

Museu van Loon Historia canais Amsterdam 4

O segundo lugar para contar a história dos canais é a casa de uma das famílias mais importantes da cidade, os Van Loon. Willem Van Loon foi um dos fundadores da Companhia das Índias Orientais, e seu neto comprou essa casa 70 anos depois. Pertencendo a pessoas tão ricas e influentes, ela ficou conhecida como um dos grandes exemplos do esplendor da Época de Ouro da cidade.

Museu van Loon Historia canais Amsterdam 1

Museu van Loon Historia canais Amsterdam 2

Museu van Loon Historia canais Amsterdam 3

Como os interiores permaneceram praticamente inalterados, é um lugar onde podemos nos sentir voltando nos séculos, para como viviam as famílias nas riquíssimas casas dos canais. A casa, os jardins e a casa de carruagens estão todos abertos para visitação.

 

Museu Casa-Barco

Se o Museu Van Loon satisfaz a curiosidade sobre as elegantes casas nos canais, o Museu Casa-Barco foi pensado para satisfazer outro tipo de curiosidade. Se você queria saber como era viver em uma casa-barco, achou o lugar perfeito.

Museu Casa Barco Historia Canais Amsterdam 1

O dono disse que teve a idéia de transformar sua própria casa em museu por causa da curiosidade dos turistas, que sempre queriam saber tudo sobre ela. Como ele fazia para ter gás, água e eletricidade? Tem esgoto? Não é muito úmido, apertado? O seguro não é uma fortuna? A idéia é responder essas e outras pesquisas mostrando na prática como é morar em um barco em Amsterdam. Por isso ele ainda está mobiliado assim, e existem vários folhetos com explicações.

Museu Casa Barco Historia Canais Amsterdam 2

São esses os museus, espero que você tenha curtido.

1 comentário

Deixe uma resposta