As muitas encarnações de Sherlock Holmes em Londres

Durante anos, 221B Baker Street em Londres recebia mais correspondência que o papai noel. Segundo o Guinness Book, ele é o personagem ficcional mais representado em filmes na história. Com tudo isso, ele se tornou uma parte importante da cultura inglesa, e teve um efeito profundo na literatura de mistério.

DSC02837 Sherlock Holmes Museum

Holmes é uma pedra de toque cultural tão importante, que alguns dos personagens secundários ganharam quase uma vida própria. Imagino que muita gente nem saiba que o Mycroft, o irmão mais velho de Holmes, aparece em poucas histórias. Moriart, em duas. Irene Adler, em uma. Hudson, proprietária do apartamento que ele divide com Watson, não tem nenhuma fala. Ou que Holmes nunca disse “Elementar, meu caro Watson”.

DSC02845 Sherlock Holmes Museum

O homem que foi a inspiração de Holmes era um médico escocês chamado Joseph Bell, o que depois seria a idéia por trás e uma das melhores histórias inspiradas em Holmes, a série House (Holmes/Homes/House, ahn ahn?).

Não consigo imaginar qual seria a reação de Conan Doyle a tudo isso. Ele ficou irritado com o frenesi que cercou o personagem, com histórias apócrifas surgindo quase imediatamente. Foi por isso que ele escreveu O Último Problema, em que Holmes morre ao cair das cachoeiras de Reichenbach. Por doze anos, ele se dedicou à ficção histórica, período que os fãs chamam de O Grande Hiato, até que ele resolveu voltar a escrever sobre o detetive, em uma história em que ele fala sobre como fingiu a própria morte.

Um filme imagina Holmes como uma figura real, e podemos ver a sua reação aos livros e filmes escritos sobre ele, e suas tentativas  na aposentadoria de corrigir os erros feitos por eles.

Quando Doyle escreveu Um Estudo em Vermelho, ele escolheu deliberadamente um endereço para seu personagem que não existia, já que a rua Baker Street não era tão longa. Com a expansão de Londres, ela passou a ter um 221B, que pertencia a um banco, o Abbey National. Eles recebiam tantas cartas, tanto de fãs quanto de pessoas que achavam que o detetive era real e queriam ajuda com um caso, que contrataram um funcionário apenas para respondê-las.

DSC02836 Tube Baker Street
Chegando de metrô na estação Baker Street

Anos depois, surgiu a idéia de construir um museu. Claro que 221B era o endereço óbvio, mas estava cercado de placas sobre Holmes, e os donos do museu acharam que isso tirava um pouco da atmosfera. Além disso, na época ele ainda pertencia ao banco. O museu fica no quarteirão de cima, mas colocou uma placa de 221B, então essa é a única rua de Londres em que os endereços não ficam na ordem certa.

DSC02847 Sherlock Holmes Museum

Se você cresceu lendo essas histórias, o museu vale muito a pena. Eles reproduzem todos os detalhes das histórias, como os dezessete degraus que levavam à sala de estar. Ele é decorado com objetos da época vitoriana, como o violino de Holmes, sua coleção de livros sobre apicultura e as notas de Watson. O grande problema é que a série da BBC inflacionou os preços. Quando eu fui, a entrada custava 6 libras, e agora custa 15!

DSC02840 Sherlock Holmes Museum
Alguns itens vem dos filmes, como o chapéu de caçador

Se você não quer ir ao museu, ou não quer pagar a taxa de admissão, existe uma alternativa menos conhecida. O Sherlock Holmes Pub, em Northumberland Avenue, tem uma coleção inteira de objetos relacionados ao detetive que foram criados para um festival em 1951. Assim como no museu, existem vários detalhes que fazem referência aos casos descritos nos livros, e quem adora os romances pode ficar um bom tempo lá procurando desvendar todos eles.

DSC02843 Sherlock Holmes Museum

Entre as numerosas adaptações, uma das mais populares é a série Sherlock da BBC (ou era, antes da quarta temporada). Se você quiser visitar esse lugar, e mesmo comer no pub Speedy, lá do lado, o endereço é 187 North Gower Street. O site Sherlockology fez uma lista dos lugares que aparecem na série.

 

 

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s