Um passeio pela Roma antiga na Via Appia Antica

Um dos passeios mais interessantes que eu fiz em Roma foi ver a via Appia Antica, um ótimo lugar para ver Roma antiga. Ela tem meia dúzia de atrações muito conhecidas, famosas e preservadas, e dezenas de lugares menores e menos visitados, então realmente tem atrações para todos os gostos. Era verão quando eu fui, e lá estava mais fresco que o centro da cidade, e eu logo descobri que a recomendação da moça do albergue para que eu levasse um sanduíche e fizesse um piquenique foi daquelas idéias que mereciam um beijo.

Villa Quintili Via Appia Antica 6

A Estrada da Via Appia começou a ser construída em 312 antes de nossa era, ainda na época da República Romana. O objetivo dela era melhorar o transporte para as tropas que estavam lutando nas guerras Samnitas. As pedras estão desgastadas pelos séculos de exposição ao verão italiano, mas ainda levam à cidade de Brindisi, então um dos maiores portos da região.

O primeiro lugar que visitei na Via Appia foi a Porta San Sebastiano. Ela é uma das antigas portas de Roma que sobreviveram na Muralha Aureliana, os muros construídos em torno da cidade no século III, assim como a Porta Flaminia, da qual eu falei no post sobre 13 praças incríveis em Roma.

Hoje a porta é a sede do Museu da Muralha, que te permite andar uma extensão de cerca de 50 metros em cima dos muros. Originalmente ela era chamada de Porta Appia, depois o nome mudou por causa dos peregrinos visitando as Catacumbas de São Sebastião.

Porta San Sebastiano Roma Via Appia Antica

Entre a Porta e a próxima das atrações mais famosas, ficam dois túmulos, o de Geta, imperador que reinou com seu irmão, Caracalla, antes de ser assassinado por ele, e o de Priscila, esposa de um liberto do imperador Domiciano

Outro dos lugares mais famosos da Via Appia é a Chiesa del Domine Quo Vadis. Segundo a lenda, quando o Apóstolo Pedro estava fugindo de Roma, ele teve uma visão de Jesus. Pedro teria perguntado: ‘Domine, quo vadis?’ (Senhor, aonde vai?) e ele teria respondido ‘Venio Roman iterum crucifigi’ (vou a Roma para ser crucificado de novo). Pedro se juntou a ele e retornou a Roma, onde foi preso e executado.

O lugar é mais antigo que o cristianismo, e aparentemente era um templo dedicado a Rediculus, o deus romano do retorno. Os viajantes iam a esse templo para orar para deuses estrangeiros antes de uma viagem, e agradeciam a Rediculus pelo retorno seguro.

Igreja Quo Vadis Via Appia Antica

As Catacumbas de San Callisto são as catacumbas mais famosas de Roma. São mais de 20 km de túneis subterrâneos, nos quais já foram encontrados túmulos de papas e mártires.

Em volta de Roma existem cerca de 40 catacumbas, algumas cristãs, mas outras judaicas e de outras religiões. Quando as catacumbas cristãs foram redescobertas, no século XVI, muitos dos corpos e todos os objetos de valor foram transferidos para igrejas. Como os corpos de santos e mártires viraram objetos de valor, muitos foram desmembrados, com cada parte do corpo indo para igrejas diferentes. Tantas partes de corpos foram vendidas, que acho que se você tentasse reconstituir os corpos hoje, acabaria com santos com oito mãos e nove dedos em cada mão…

Achei muito simpático durante a visita que eles perguntaram a língua em que cada um queria ver o tour. Eu fui a única que queria o tour em italiano, e tinha um grupo de americanos na minha frente, então eu disse que também poderia ver o tour em inglês, sem problemas. Eles me perguntaram de onde eu era e então o que eu estava fazendo na Itália, e quando falei que estava fazendo um curso de italiano, eles imediatamente falaram que aprender uma língua é mais fácil quando existe imersão, e providenciaram um tour particular para mim.

Catacumbas de San Sebastiano Roma

Foi para as Catacumbas de San Sebastiano, lá perto, que a palavra Catacumba foi cunhada, a partir do grego kata (perto) e kymbas (cavidade), porque ela era próxima a uma caverna. Essa era uma das catacombas mais facilmente acessíveis de Roma, e por isso sobram pouco dos elementos originais. Perto delas fica uma Catacumba judaica, a de Vigna Randanini.

Eu não visitei essas duas catacumbas, mas ouvi de outros viajantes que as Catacumbas de San Sebastiano ainda tem alguns afrescos antigos e inscrições do nome de Pedro feitas por visitantes. A Basílica em cima supostamente tem as flechas e a coluna que foram usadas no martírio de San Sebastiano.

O Mausoléu de Cecilia Metella, lá perto, foi construído para ser o túmulo de uma nobre romana, filha do cônsul Quintus Metellus Creticus. De todos os túmulos da Via Appia, ele é o mais famoso por seu ótimo estado de preservação.

Mausoleu de Cecilia Metella

No caminho para a próxima atração mais famosa, a Villa dei Quintili, você vai ver pelo menos uma dúzia de outros túmulos, a de Sêneca, uma circular de uma pessoa desconhecida, dos filhos de Sesto Pompeo, de San Urbano, dos Licinii, de Ilario, de Tiberto, uma que parece um pequeno templo, dos Rabirii, dos Festoni, dos Orazi e Curiazi, uma pequena tomba em formato de pirâmide, além de um pequeno templo dedicado a Júpiter.

Villa Quintili Via Appia Antica 5

A Villa dei Quintili, um dos últimos lugares que eu vi, é um dos lugares mais interessantes de Roma. Ela foi construída por dois irmãos romanos, os Quintili. Dizem que a beleza do complexo fez com que o imperador Cômodo sentisse inveja, então ele mandou matá-los e a tomou para si.

Villa Quintili Via Appia Antica 4

Elas eram muito suntuosas, com termas, um aqueduto próprio e um pequeno hipódromo. Muitas das estátuas recuperadas foram vendidas para museus, mas muito da vila ainda está bem preservada, especialmente as termas.

Essa é a última das atrações grandes, mas continuando na Via Appia ainda há túmulos e mausoléus, pequenos templos e outras ruínas.

Clique na imagem para ler todos os nossos posts sobre lugares do Império Romano

Asdistancias blog tag imperio romano

2 comentários

    1. Julia Boechat

      Oi, Venise, tudo bom? Você tá querendo um passeio organizado? Várias agências devem fazer, mas não conheço. Se você quiser fazer de forma independente, como tá aqui, é só pegar um ônibus até o ponto que quer começar, e andar pela via Appia. Algumas das atrações tem entrada ou só dá para visitar com um guia, como as catacumbas, as outras dá para visitar de forma independente.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s