O Fórum Romano e o Palatino

Já contei aqui no blog sobre a experiência de visitar os subterrâneos e a arena do Coliseu. Já tava passando da hora de contar um pouco sobre dois lugares que são visitados com o mesmo ingresso: o Fórum Romano e a Colina do Palatino.

Vista do alto da Domus Tiberiana
Vista do Alto da Domus Tiberiana

Templo de Antonino Pio e Templo dos Dioscuros

Por séculos, o Fórum foi o centro da vida pública romana: era para onde vinham procissões, onde discursos eram feitos, onde o comércio acontecia. Depois, a cidade foi crescendo e subindo um nível, o que deixou muitos dos prédios enterrados. Grande parte do Fórum foi redescoberta no século XIX, e as escavações demoraram mais de cem anos. Nesse meio tempo, elas já viraram atração turística. Piranesi, Claude Lorrain, Canaletto, Huberto Robert e Turner foram alguns dos artistas que visitaram nesse meio tempo, e o Piranesi chegou a colocar sua assinatura em uma coluna antiga.

Via Sacra Roma 2

Foi bem fácil saber o que cada prédio era, mesmo sem ter um guia. Bastou abrir o Google Maps e olhar lá. Para os prédios ficarem assim em relevo, basta encostar na tela com dois dedos e arastar um pouco para baixo.

Também tinha levado screenshots e informações que levei para poder identificar os prédios, mas achei isso bem legal.

Dentro do Fórum, a rua mais famosa era a Via Sacra, onde aconteciam os desfiles triunfais, que seguiam em direção ao Templo de Júpiter.

Via Sacra Roma

Em uma das entradas do Fórum fica o Arco de Tito, feito para comemorar a vitória desse imperador sobre a província da Judéia. Se você olhar de perto para os desenhos gravados, pode ver um menorah sendo roubado do Templo de Jerusalém. Por muito tempo, judeus devotos não passavam debaixo do arco, uma proibição que foi revogada com a criação do Estado de Israel.

Arco Tito detalhe

Um dos primeiros lugares que vi foi o Templo de Antonino e Faustina, do qual oito colunas ainda estão de pé. Ele vem de 141 da nossa era, e foi construído pelo imperador Antonino Pio para a sua deificação e a de sua esposa. No centro, foi construída uma igreja, que fica fechada. Imperadores eram rotineiramente deificados após suas mortes.

Templo de Antonino Pio

A basílica de Constantino e Maxêncio era um tribunal, cujo estilo arquitetônico foi adotado pelas primeiras igrejas. Por isso elas ficaram conhecidas com basílicas, o termo que originalmente designava esse tipo de arquitetura.

Templo de Antonino Pio e Basílica de Constantino
O grande prédio à direita é a Basílica de Maxêncio

A Prisão de Mamertino era um lugar onde presos ficavam temporariamente enquanto aguardavam seus julgamentos, já que encarceramento não era uma pena para os romanos. São Pedro e são Paulo teriam sido encarcerados aqui, por isso é um local de peregrinação.

A coluna de Foca, à esquerda na foto abaixo, foi feita em homenagem a um imperador bizantino.

Coluna de Foca, Arco de Setimo Severeo e Carcere Mamertino

A Coluna de Foca, o Arco de Sétimo Severo e o Cárcere Mamertino

O arco triunfal de Sétimo Severo é um dos muitos que existiam na Roma antiga. Eles comemoram a vitória desse imperador no que hoje são o Irã e o Iraque. O arco também honra seus filhos, Caracalla e Getta.

O grande prédio da Curia Iulia, que a sede do senado romano, ficou relativamente preservado por ter sido usado como igreja durante a Idade Média. Do lado de fora da Curia fica a Rostra, uma plataforma para falar em público, de onde Marco Antônio teria feito o famoso discurso no funeral de César. Ele não aparece na foto acima, mas fica logo à direita.

Ao norte do Fórum, fica a colina Capitolina. Um dos prédios importantes que ficava aqui é o Tabularium, onde os arquivos da cidade eram guardados, no fundo da foto.

Vista para o Templo de Saturno, o Tabularium e Arco de Setimo Severo

Uma pedra redonda no centro do Fórum representa o Umbilicus Urbus, o umbigo da cidade, considerado o centro de Roma e de todo o Império.

Também aqui fica o templo de Vespasiano e Tito, dois imperadores da dinastia Flávia. Hoje no lugar ficam duas colunas de mármore.

Detalhes de um capitel no forum romano

O antigo tesouro de Roma ficava no templo de Saturno, depois transferido durante o Império. Também era aqui que todo 17 de dezembro se celebrava a Saturnália, a festa que deu origem ao nosso natal, depois de uma disfarçada para fazer as pessoas esquecerem que era uma festa pagã. Ele é o prédio mais antigo do Fórum, tendo sido construído há dois milênios e meio.

Templo de Saturno Forum Romano
Em cima, você pode ler Senatus Populusque Romanus, o Senado e o Povo de Roma – a versão por extenso do SPQR que é visível em muitos monumentos romanos

A enorme Basilica Iulia ficava perto. Ela foi feita para assumir alguns dos deveres públicos da Basílica Emília, insuficiente para a cidade que crescia. De cada uma, restaram apenas as bases das colunas.

Três colunas coríntias marcam onde ficava o Templo dos Dióscuros, os gêmeos Castor e Pólux, irmãos de Helena de Tróia.

Templo dos dioscuros forum romano

O templo de Vesta e das virgens Vestais era consagrado a jovens que cuidavam da chama sagrada, que deveria ser fornecida a qualquer romano que tivesse deixado o fogo se apagar em sua casa. Elas tinham vários privilégios, como o poder de perdoar criminosos, mas juravam virgindade. As vestais que perdessem a virgindade eram condenadas a serem enterradas vivas. Rhea Silvia, a mítica mãe de Rômulo e Remo, era uma virgem vestal, que teria engravidado do deus Marte. Os dois meninos teriam sido então abandonados e amamentados por uma loba, e depois criados por um pastor, sem saber de sua identidade. Hoje sobrou uma estrutura circular cercada de colunas. Da casa onde elas viviam, sobraram algumas estátuas em pedaços das vestais, algumas colunas e um pouco do pátio interno.

Casa das vestais forum romano

O Templo de Romulo era dedicado a um imperador romano deificado, mas hoje é a Igreja de São Cosme e Damião.

Templo de Romulo Forum Romano

O Palatino é uma das sete colinas sobre as quais Roma foi fundada, de acordo com os mitos. A maior parte dele é coberta pelas diferentes casas que faziam parte do palácio imperial. Aliás, a própria palavra palácio é derivada do nome da colina. Mas a maior parte deles tem entrada restrita, e só podemos ver o lado de fora.

Palatino

A Domus Severiana, do imperador Sétimo Severo, foi a última ampliação dos palácios imperiais. Ela tinha enormes termas, das quais pouco ainda resta.

O Estádio de Domiciano era provavelmente usado para práticas esportivas privadas, embora alguns achem que era simplesmente um jardim interno.

Palatino Estadio Diomiciano com a domus severiana atrás

A Domus Augustana era a ala doméstica do palácio de Domiciano. Ela tinha uma vista para o Circo Massimo, onde ocorriam corridas de bigas. Hoje, restou muito pouco, apenas algumas paredes e o espaço dos jardins internos.

Palatino Casa de Augusto

A Domus Flavia era conhecida pelos quartos largos, com evidências de que tinham um sistema de aquecimento central. Eles incluíam salas de banquetes, onde os hóspedes comiam deitados de lado em divãs, e o Lararium, onde se veneravam os lares, deuses que protegiam cada família romana. Seu culto era central em Roma.

A Casa de Augusto e Casa de Lívia eram supostamente as residências do imperador Augusto e de sua esposa. Para a Casa de Lívia, não há evidências concretas que apontem para isso. Elas eram famosas pela sua simplicidade, e não são comparáveis aos palácios suntuosos que foram construídos depois na colina. Hoje, podemos ver os afrescos que ainda sobrevivem, mas só em alguns horários específicos, então preste atenção. Costuma ter uma fila para entrar, já que o número de pessoas lá dentro é limitado.

A Domus Tiberiana foi o maior palácio do Palatino. Os aposentos ficavam em torno de um jardim, e incluíam uma biblioteca e os arquivos da cidade. Lá de cima, a vista para o Fórum é espetacular.

Domus Tiberiana

Vista do alto da Domus Tiberiana 2

Dicas práticas: o Coliseu, o Fórum Romano e o Palatino estão incluídos no mesmo bilhete, que é válido por dois dias consecutivos, mas com apenas uma entrada em cada lugar.

Você pode comprar o bilhete online, o que é bom se você quiser um tour, como o que vai no subterrâneo e na arena do Coliseu. Se você preferir não comprar com antecedência, sugiro que você visite o Fórum Romano e o Palatino antes, já que a fila para comprar o ingresso lá é bem menor. O Coliseu pode ser visitado depois, idealmente no dia seguinte, para dedicar um bom tempo a cada um dos lugares.

A comida lá perto vai ser cara e provavelmente não vai ser boa, então esse é um bom dia para levar um sanduíche ou outro lanchinho.

Vista para o Coliseu do Fórum Romano
Vista para o Coliseu do Fórum

Forum romano

Clique na imagem para ler todos os nossos posts sobre lugares do Império Romano

Asdistancias blog tag imperio romano

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s