As Bibliotecas Mais Bonitas do Mundo: o Monastério Strahov em Praga

Uma das bibliotecas mais impressionantes do mundo fica em Praga dentro do Monastério Strahov. Ele foi fundado no século XII, e ainda hoje tem a maior biblioteca monástica do país. Ele tem 110 mil livros, dos quais 1200 são incunabula. Alguns dos livros raros estão expostos em estantes de vidro.

IMG_20150224_190415

O Monastério é mais conhecido pelos dois impressionantes salões barrocos da biblioteca. O mais antigo deles é o Salão da Teologia, do século XVII. Ele tem esse nome por causa do tipo de literatura encontrado aqui, com a parede norte tendo principalmente diferentes edições da Bíblia.

IMG_20160326_111445

O outro é o Salão da Filosofia, do século XVIII. Os afrescos no teto são dedicados à evolução espiritual da humanidade, e eles possuem principalmente livros de filosofia.

IMG_20160326_110912

A biblioteca também possui uma coleção de objetos do oriente. Isso vem na tradição dos antigos gabinetes de curiosidades, que hoje são vistos como precursores dos museus.

 

A biblioteca do Monastério Strahov pode ser visitada todos os dias. O Monastério também pode ser visitado, e ele tem sua própria cervejaria. A admissão para a biblioteca custa 100 coroas tchecas para adultos e 50 coroas para estudantes até 27 anos, mas você tem que ficar atrás da cordinha. A permissão para fotografar custa mais 50 coroas. Você pode fazer um tour de uma hora do monastério e entrar nos dois salões por 400 czk por pessoa, mais 1200 czk pelo guia em inglês – o guia é pago pelo tour, então se for um grupo, o valor é dividido entre quem está lá. Esse valor inclui permissão para foto e vídeo, e as reservas devem ser feitas mandando um email para strahovskyklaster@gmail.com.

 

Vista do monastério do alto da torre Petřín.

Clique na imagem para ler nossos posts sobre bibliotecas e livrarias mais bonitas do mundo.

Asdistancias blog tag bibliotecas e livrarias mais bonitas do mundo

12 comentários

    1. Julia Boechat

      Oi, Amanda, tudo bom? A diferença é que a admissão dá direito a ver tudo por trás da cordinha. Se você quiser entrar em cada sala, tem que ir com o tour e ele só acontece em tcheco. Não sei se é obrigatório contratar o guia, mas deve valer a pena para quem não fala tcheco. Espero que isso ajude, qualquer coisa me fala!

Deixe uma resposta